Publicado em 16/07/2021 às 09h01.

APLB convoca professores para reunião sobre início das aulas semipresenciais

Início das atividades no modelo está marcado para o próximo dia 26

Redação
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

 

O Sindicato dos Professores da Bahia (APLB) tem encontro marcado com a categoria às 10h desta sexta-feira. Na pauta está a discussão sobre o retorno às salas de aula da rede estadual no próximo dia 26, conforme anunciado pelo Governo do Estado, que ameaçou contar o salário de quem não comparecer ao trabalho.

O coordenador-geral do Sindicato, Rui Oliveira, afirmou que a categoria só pretende retornar 15 dias após a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19, o que segundo ele deve acontecer em meados de agosto.

“O que é mais razoável? Nós voltarmos com todo o gás, toda a energia, sem confusão, ou acatar a esta decisão unilateral do governador, sem conversar com ninguém, intimidando cortar salários, intimidando suspender os R$ 55 dos alunos, se não voltarem. Não vão voltar porque não é dessa forma”, declarou Oliveira.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.