Publicado em 15/09/2021 às 11h52.

Hospital de campanha na arena atendeu a 2.840 pacientes durante a pandemia

Utilizados nas duas ondas de avanço do novo coronavírus, leitos estruturados no local foram completamente desmobilizados nesta quarta

Redação
Foto: Ascom/Sesab
Foto: Ascom/Sesab

 

Com capacidade total de 200 leitos de UTI e enfermaria, o Hospital de Campanha da Fonte Nova atendeu a um total de 2.840 pacientes Covid-19. A unidade provisória montada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) foi completamente desativada nesta quarta-feira (15). Durante a segunda onda da pandemia de Covid-19 – quando a ocupação hospitalar na Bahia ultrapassou a marca de 80% -, a unidade instalada na arena foi reaberta em março.

No próximo sábado (18), o equipamento volta a receber uma partida de futebol. O último jogo na arena da Copa de 2014 foi em 25 de fevereiro.

A secretária em exercício da Saúde, Tereza Paim, explica que a sustentada da taxa de ocupação de leitos permitiu a desmobilização do Hospital da Arena Fonte Nova. Atualmente, a Bahia conta com 905 leitos de UTI adulto e 897 leitos de enfermaria adulto destinados para o atendimento a pacientes com diagnóstico de Covid-19. Esses números já chegaram a 1624 leitos de UTI adulto e 1835 leitos clínicos.

“Ainda que o total de leitos tenha sido reduzido, a taxa de ocupação está em níveis seguros”, aponta Tereza Paim. Segundo o boletim epidemiológico da Sesab publicado na terça-feira (14), a ocupação de leitos de UTI adulto Covid-19 na Bahia está em 28% – 253 internados. Em Salvador, a taxa é de 24%.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.