Publicado em 16/04/2020 às 16h19.

Mandetta confirma demissão do Ministério da Saúde; Nelson Teich assume o cargo

"Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde"

Redação
Fotos: Alex Ferreira-Câmara dos Deputados/YouTube/reprodução/edição bahia.ba
Fotos: Alex Ferreira-Câmara dos Deputados/YouTube/reprodução/edição bahia.ba

 

Após reunião não prevista oficialmente com o presidente Jair Bolsonaro, na tarde desta quinta-feira (16), o agora ex-ministro Luiz Henrique Mandetta confirmou sua demissão do Ministério da Saúde. Ele será substituído pelo oncologista Nelson Teich. Ele já chegou a Brasília para uma reunião com Bolsonaro.

“Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar”, escreveu Mandetta no Twitter.

As divergências entre o ex-ministro e Bolsonaro começaram no início da crise do coronavírus. Os dois não chegaram a um acordo de como seria a melhor estratégia para o combate à doença, sobretudo no que diz respeito ao isolamento social, defendido por Mandetta e combatido pelo presidente.

Mais cedo, o ex-ministro declarou que a troca no ministério aconteceria nesta quinta ou no mais tardar na sexta-feira (17).