Publicado em 20/05/2020 às 15h52.

MEC e Inep anunciam adiamento do Enem por até 60 dias

Adiamento é válido para as versões impressa e digital do exame; enquete com inscritos está mantida para final de junho

Redação
Foto: Marcelo Casal Jr/ ABR
Foto: Marcelo Casal Jr/ ABR

 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou nesta quarta-feira (20) o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2020. O adiamento é de 30 a 60 dias, e tem validade para as versões impressa e digital do exame.

A decisão foi publicada em nota no site da instituição, vinculada ao Ministério da Educação. Ainda de acordo com o Inep, está mantida a enquete direcionada para os inscritos no exame, em junho.

O direcionamento da enquete não é informado na nota. No entanto, na terça-feira (19), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou uma consulta, via ‘Página do Participante’, para saber a opinião dos inscritos sobre adiamento ou não das provas.

Também na terça, o Senado Federal aprovou o projeto que adia o Enem, devido à pandemia do novo coronavírus. O principal argumento é que, com a suspensão das aulas, as desigualdades nas condições de estudo e preparação foram potencializadas.

Depois de apreciação no plenário do Senado, a matéria seguiu para votação na Câmara dos Deputados. A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) entrou com requerimento de urgência para tramitação da matéria.

PUBLICIDADE