Publicado em 16/04/2020 às 07h54.

Neto diz que ‘não viu’ críticas da oposição sobre compra de créditos de passagens

Críticas foram feitas pelos vereadores oposicionistas José Trindade e Aladilce Souza

Matheus Morais
Foto: Max Haack/SecomPMS
Foto: Max Haack/SecomPMS

 

Questionado pelo bahia.ba sobre as críticas de vereadores da oposição como José Trindade (PSB) e Aladilce Souza (PCdoB) sobre a compra de R$ 5 milhões em créditos de passagens para socorrer as empresas de ônibus de Salvador durante a pandemia do coronavírus, o prefeito ACM Neto (DEM) desconversou.

“Confesso que não vi e não sei quem fez as críticas”, ressaltou o democrata durante a inauguração da Unidade de Acolhimento Emergencial para População em Situação de Rua do bairro da Liberdade

Neto anunciou a compra no dia 8 de abril, durante coletiva de imprensa. “Esse dinheiro será essencial para que o sistema tenha, nesse volume, uma ampliação do seu faturamento e, com isso, as empresas consigam pagar o que está acertado com rodoviários, o que está acertado de óleo diesel e das coisas que não podem deixar de ser pagas para o funcionamento dos ônibus”, disse na ocasião.