Publicado em 15/01/2021 às 10h43.

PGE entrará com pedido no STF nesta sexta para compra de 50 milhões de doses de vacina

Governador afirmou que o governo do Estado "não pode assistir passivamente os baianos morrerem"

Eduardo Dias / Matheus Morais
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

O governador Rui Costa (PT) afirmou nesta sexta-feira (15) que determinou que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) entre, ainda hoje, com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para efetuar a compra de 50 milhões de doses da vacina russa Sputnik-V contra a Covid-19. A declaração ocorreu durante a entrega de 104 unidades habitacionais em Itapuã e de 33 vans para policlínicas de Consórcios Interfederativos de Saúde.

De acordo com o governador, “não é possível o povo brasileiro ser maltratado e humilhado como está sendo pelas autoridades federais, sem o menor carinho e afeto”.

“A Procuradoria-Geral do Estado estará ingressando no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir uma decisão em caráter liminar e emergencial para que a gente possa efetivar a compra da vacina russa Sputnik-V, porque nós temos um contrato de prioridade de fornecimento e temos condições de, em poucos dias, colocar essa vacina aqui na Bahia”, declarou o governador.

Rui afirmou ainda que o governo do Estado não pode assistir passivamente os baianos morrerem e voltou a criticar a atuação do governo federal na pandemia.

“E não podemos assistir passivamente baianos morrerem, brasileiros morrerem e, numa absoluta insensibilidade humana, as autoridades federais estão de braços cruzados e só repetem que não podem fazer nada. Era melhor cada um pedir renúncia ou demissão do cargo que ocupa se não tem capacidade de fazer nada. Eu determinei ao procurador que ingresse ainda hoje com essa ação. Acho que a sociedade brasileira precisa reagir, a imprensa precisa reagir, os empresários, os trabalhadores”, completou.