Publicado em 04/12/2020 às 14h17.

Prefeitura proíbe consumo de álcool em bares para evitar aglomerações em BH

Dados do boletim epidemiológico de quinta-feira (3), o mais recente, indicam que já são 55.039 casos de coronavírus na cidade e 1.675 mortes

Redação
Foto: National Institute of Allergy and Infectious Diseases (NIAID)
Foto: National Institute of Allergy and Infectious Diseases (NIAID)

 

A prefeitura de Belo Horizonte proibiu o consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes da cidade a partir da próxima segunda-feira (7). A medida é uma resposta à tendência de alta no número de casos de Covid-19 na capital de Minas Gerais, e foi publicada no Diário Oficial desta sexta (4).

A expectativa é diminuir a circulação de pessoas, ampliar o distanciamento social e conter comportamentos de risco de contágio. Dados do boletim epidemiológico de quinta-feira (3), o mais recente, indicam que já são 55.039 casos de coronavírus na cidade e 1.675 mortes.

Também foi suspenso o licenciamento de eventos gastronômicos, shows e espetáculos, incluindo a avaliação dos pedidos ainda não respondidos pela gestão. De acordo com o G1, o secretário de Saúde, Jackson Machado, afirmou que a intenção é preservar o funcionamento das atividades, mas tornar os locais menos atrativos para aglomerações e contato intenso sem uso de máscara.