Publicado em 30/09/2022 às 15h10.

Bahia fica em quarto lugar com o maior volume de dívida garantida pela União

O estado de São Paulo detém a maior parte do saldo devedor garantido pelo Tesouro no Brasil

Redação
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil

 

O Tesouro Nacional divulgou nesta sexta-feira (30) o Relatório Quadrimestral de Operações de Crédito Garantidas indicando um saldo total devedor das garantias concedidas a operações de crédito de R$ 280,571 bilhões. No ranking nacional, a Bahia ficou em quarto lugar com R$ 16,026 bilhões (5,7%).

O estado de São Paulo detém a maior parte do saldo devedor garantido pelo Tesouro, 13,4%. Em seguida, vêm Rio de Janeiro, com R$ 34,123 bilhões (12,2%); Minas Gerais, com R$ 22,247 bilhões (7,9%); Bahia; Ceará, com R$ 14,172 bilhões (5,1%); Pernambuco, com R$ 11,175 bilhões (4%); Rio Grande do Sul, com R$ 10,916 bilhões (3,9%), e demais estados, com R$ 72,081 bilhões (25,7%).

As garantias representam os ativos oferecidos pelo Tesouro Nacional para cobrir eventuais calotes em empréstimos e financiamentos dos estados, municípios e outras entidades com bancos nacionais ou instituições estrangeiras, como o Banco Mundial,  o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco de Desenvolvimento de América Latina (CAF). O Tesouro compensa os calotes, mas desconta o valor coberto com bloqueios dos repasses do Fundo de Participação dos Estados e Municípios, além de impedir novos financiamentos.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.