Publicado em 17/07/2019 às 13h40.

TCE reprova contas de 2014 da EBDA e multa antigos gestores em R$ 19,7 mil

Cópias dos autos do processo serão encaminhadas ao Ministério Público da Bahia, devido à existência de possíveis atos caracterizadores de improbidade administrativa

Redação

Plenario - tceba foto ascom

 

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) desaprovou as contas de 2014 da antiga Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), e aplicou multas no valor de aproximadamente R$ 19,7 mil ao ex-diretor presidente Elionaldo Faro Teles e ao ex-diretor de Administração Thiago Andrade Figueira.

Além disso, ambos foram condenados a devolver aos cofres públicos, de forma solidária, cerca de R$ 17,2 mil, quantia que ainda será acrescida de juros de mora e correção monetária.

Conforme auditoria, houve irregularidades em procedimentos licitatórios e execução de despesas públicas, omissão na prestação de contas e ausência de controle no acompanhamento e fiscalização de ajustes firmados.

Cópias dos autos do processo serão encaminhadas ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), devido à existência de possíveis atos caracterizadores de improbidade administrativa.

PUBLICIDADE
Temas: 2014 , contas , EBDA , gestores , multa , reprova , TCE