Publicado em 09/03/2016 às 09h20.

Marinha diz que só sai depois de ganhar sede nova

Governo negocia com 2º Distrito Naval a cessão da área no Comércio para a construção do novo Centro de Convenções

Redação
Foto: Reprodução/ Google Street View
Foto: Reprodução/ Google Street View

 

O 2º Distrito Naval divulgou nota ressaltando que “a retirada da instituição do bairro somente se dará após o recebimento total e definitivo da nova sede, em plenas condições operacionais”. O esclarecimento à imprensa se deu após o  governo baiano ter divulgado acordo firmado com a Marinha para a implantação do novo centro de convenções de Salvador, onde atualmente funciona a sede dos Fuzileiros Navais, no bairro do Comércio.

Ainda de acordo com nota, o 2º DN reconheceu a possibilidade de um acordo nesse sentido: “Essas instalações devem ser construídas em local que atenda aos requisitos estratégicos e que não impliquem  prejuízos ao funcionamento do grupamento e ao cumprimento das respectivas tarefas, sendo possível a utilização de área da Marinha situada no interior do Complexo Naval de Aratu”.