Publicado em 30/07/2018 às 14h09.

Isidório chama Daniela Mercury de ‘escrava de Satanás’

"Cuidado com o que vai lhe acontecer. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo", afirmou o deputado, após cantora protestar contra proibição da peça "O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu"

Rodrigo Aguiar
Entrevista - Isidorio5 - 12-08-2016
Foto: Izis Moacyr / bahia.ba

 

O deputado Pastor Sargento Isidório (Avante) chamou a cantora Daniela Mercury de “endemoniada” e “escrava de Satanás”, após a artista protestar, no último dia 22, contra a decisão judicial que impediu a exibição do espetáculo teatral “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, protagonizado pela atriz transexual Renata Carvalho, no Centro Cultural de Garanhuns, em Pernambuco.

O discurso de Daniela foi feito durante seu show no Festival de Inverno da cidade pernambucana. Em outubro do ano passado, Isidório ingressou na Justiça para proibir a exibição da peça em Salvador.

“Respeite o povo de Deus, endemoniada. Escrava de Satanás. Cuidado com o que vai lhe acontecer. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo. Cuidado, Daniela. Peça perdão”, afirmou o parlamentar, em vídeo postado em sua página no Facebook.

“Daniela, eu quero lhe dizer que, em respeito aos seus fãs, ao povo da Bahia, eu não vou dizer que escrota é você. Eu não vou chamar sua mãe de p*, como você xingou todas as mães, até porque eu acho que você que é, o seu comportamento. Eu não vou chamar você de rato, de nada disso, porque eu ainda acredito que um dia você será iluminada”, disse o deputado.

Em seu discurso, Daniela reclamou da ação de “políticos desse país” que buscam censurar obras de arte, sem nenhuma citação direta a Isidório. No final de sua fala, a cantora diz: “Vá policiar a p* que lhe pariu”. Em seguida, emenda versos de “Bichos Escrotos”, dos Titãs: “Bichos escrotos saiam dos esgotos/Bichos escrotos venham enfeitar/Meu lar/Meu jantar/Meu nobre paladar”.

“Você disse que você é gay, que você é viada, sim. Jesus lhe responderia sabe o quê? Se você quer, continue. Para você fazer sexo, você tem que introduzir borracha na vagina dos outros. Ou alguém com uma borracha na sua”, disse o deputado.

No vídeo postado, Isidório ainda diz que já foi “tudo isso: gay, planejei assalto, tudo que é desgraça”. “Mas quando eu conheci o Jesus criador dos céus e da terra, a minha vida foi transformada. Se você pensa que todo evangélico, todo cristão é covarde, é um engano seu. Eu estou aqui para lhe dizer: respeite o cristão, respeite o povo de Deus, respeite as imagens. Você nem para demônio serve, que você invocou eles. É sinal que você é apenas uma escrava”, acrescentou. Veja o vídeo abaixo:

Aliado do governador Rui Costa (PT), Isidório já conseguiu escapar, há dois anos, de representação feita pela bancada feminina da Assembleia Legislativa da Bahia ao Conselho de Ética da Casa, por quebra de decoro.

Na época, um dos motivos para a representação foi um vídeo no qual o deputado aparecia ao lado da mãe, tocava em sua genitália e dizia que nasceu porque “graças a Deus, ela não era sapatão”.